Menu

Alt
Text: Prémio literário Carlos Morgado
Text: Prémio literário Carlos Morgado

Candidaturas

1 Março - 30 Abril [extensão de prazo]

Text: Prémio literário Carlos Morgado

Anúncio do vencedor

Julho 2024

Prémio Literário Carlos Morgado – Edição 2024, concurso para novas vozes literárias.

Instituído pela Fundação Carlos Morgado (FCM), uma organização moçambicana sem fins lucrativos que visa potencializar e promover o desenvolvimento sustentável de Moçambique e organizado pela Catalogus, plataforma de promoção de autores moçambicanos, têm como com a finalidade de contribuir para a construção e projecção de novas vozes literárias em Moçambique e celebrar a contribuição de Carlos Morgado enquanto cidadão moçambicano e defensor de causas nobres.

Júri

JÚRI NACIONAL

Sandra Tamele

Virgília Ferrão

Escritora moçambicana, natural de Maputo é licenciada em Direito e mestranda em Ambiente. Estreou-se em 2005 com o livro “Romeo é Xingondo e a Julieta Machangana” assinado pelo pseudónimo Awaji Malunga. Seguiu-se em 2016 o livro “O Inspector de Xindzimila” e pretende, com a sua obra, estimular a produção de géneros pouco experimentados em Moçambique.

Suleiman Cassamo

Rogério Manjate

Escritor e profissional de teatro moçambicano, natural de Maputo. É apaixonado por arte mas formado em Agronomia. Estreou-se em 2001 com o livro "Amor Silvestre", a que se seguiram "Casa em Flor", "Choveria Areia", em 2005, e "Mbila + Dinka", em 2007. Como cineasta, antes de "I love you", dirigiu e produziu "My Husband’s Denial", um filme sobre a negação da SIDA.

Marina Morgado

Marina Morgado

Moçambicana, natural de Lisboa, Portugal, é médica com 47 anos de experiência. Leitora compulsiva, devoradora de obras literárias, distribui livros pelos cantos da casa porque cada um tem o seu momento e local de leitura. Editora do livro de poesia de Carlos Morgado, Poemetria, é Presidente do Júri do Prémio Literário Carlos Morgado.

JÚRI REGIONAL

Sandra Tamele

Hélder Faife

Escritor moçambicano, natural da cidade de Maputo. é formado em arquitectura e planeamento físico. Colabora com diversos jornais e revistas. Publicou prosa, poesia e literatura infanto-juvenil e obteve vários prémios e menções honrosas, com destaque, na poesia, o Prémio Literário TDM, em 2010, e menção honrosa no Prémio FUNDAC Rui de Noronha, em 2008.

Suleiman Cassamo

Dany Wambire

Escritor moçambicano, natural de Manica é professor universitário na Cidade da Beira. Formado em História e Comunicação, fundou a Associação Literária Kuelmba e a Editora e Livraria Fundza. “A Adubada Fecundidade e outros contos”, sua estreia em livro, foi distinguido com menção honrosa no Prémio Internacional José Luís Peixoto em 2013.

Marina Morgado

Marieta Namakoma

Moçambicana, natural de Muidumbe, Cabo Delgado, é professora. Licenciada em ensino da Língua Portuguesa, divide o seu dia como tradutora de Shimakonde e Emakhwa. Dá formação em arteterapia para apoio das comunidades na recuperação de traumas psicológicos. Actualmente, é técnica de património cultural no governo provincial de Cabo Delgado.

Candidaturas

As candidaturas para o Prémio Literário Carlos Morgado estão abertas até ao dia 30 de Abril [extensão de prazo]! Boa sorte a todos os participantes. Para mais informações e esclarecimento de dúvidas, não hesite em contactar-nos através de info@catalogus.co.mz e [WhatsApp] +258 87 000 9194

Formulário

Instruções:

1. Preencha o formulário na sua totalidade introduzindo imagens do seu documento de identificação;
2. Se o código de segurança não estiver visível, reinicie a página;
3. Aceite as condições de submissão, tome conhecimento do Aviso Legal e clique o botão “Submeter”;
4. De seguida abrirá uma janela com uma nota de submissão com sucesso e, igualmente, receberá um email. Verifique a caixa “spam/junk” se não tiver recebido o email;

Dados pessoais

Sexo *

Contacto

Dados da submissão e anexos

* Campos de preenchimento obrigatório

Quem somos...

Somos uma organização moçambicana sem fins lucrativos que visa potencializar e promover o desenvolvimento sustentável de Moçambique.

O que fazemos...

Trabalhamos com as partes interessadas para conceber e implementar programas em educação, saúde e cultura para criar impacto positivo.

Como fazemos...

Envolvemos as comunidades, governo e sector privado como parceiros para partilhar responsabilidades em direcção aos objectivos comuns.